"Entenda que amigos vem e vão ....

segunda-feira, 17 de outubro de 2011



... mas nunca abra mão de uns poucos e bons". Meus amigos. Quanto apoio recebi deles, quanto carinho, bombons, flores, cartinhas, orações, visitas, pensamentos positivos, quanta energia boa vindo deles. Cada um, com seu jeitinho, querendo estar comigo e me agradar, para passar logo aquela fase. Não tem como eu escrever aqui e agradecer um por um, o que cada um fez, pois eu tive momentos e momentos, com cada um. Cada um tem o meu carinho e uma lembrança boa, do que fez por mim. Tenho recebido ligações, emails, recadinhos, de pessoas com amigas e familiares passando pelo mesmo problema que eu, pessoas preocupadas, querendo fazer de tudo para a outra se sentir bem, amparar nessa fase de luta. Isso é muito importante, sentir a presença dos amigos, família, tentando fazer com que a gente se sinta bem, a cada dia melhor. Isso é tudo! Eu tenho amiga que foi comigo em todas as quimioterapias, sem faltar uma. Tenho amiga médica que participou da minha cirurgia. Tenho amiga que pulou comigo na piscina de peruca. Tenho amiga que engoliu água depois de cair no lago comigo. Tenho amiga que andava de bandana comigo. Tenho amiga que estava comigo quando meu cabelo começou a cair. Tenho amiga que me levou para viajar. Tenho amigas que choraram comigo. Dançaram comigo. Riram comigo. Amigas que me levaram para comprar lenços, amigas que me deram vários lenços. Tenho amigas que cantaram comigo o melô da careca "cabelo raspadinho, estilo ronaldinho..". Tenho amigos que foram passar meu aniversário comigo fora de Londrina. Amigos que me ligavam todos os dias. Iam na minha casa. Amigos que  ficavam comigo jogando baralho até dar sono.  Amigos que tocavam violão. Tenho amigos que fizeram festa surpresa para mim quando acabei a quimio.  Amigos que me levaram para fazer orações, independente da religião de cada um. Tenho amigas que sofreram por mim quietinhas. Tenho amigos que ganhei de presente depois do câncer. Amigos que lotaram o hospital quando estive lá. Amigos que choram até hoje, só de eu escrever no blog e lembrar! ;)  Hoje já passou um bom tempo, quase todos já se casaram, têm filhos, alguns também se mudaram daqui. A vida mudou, a distância aumentou, mas meu amor e carinho, por cada um, jamais. Como posso lembrar disso como "maus momentos"? Não tem como. Tive momentos incríveis ao lado de todos os meus amigos e senti deles uma fé e força também, numa fase que poderia ter sido a pior da minha vida. Eles também não sabiam como lidar com a situação, e sempre quiseram me agradar de todo jeito. E eles conseguiram! Amo vocês meus amigos e muito obrigada por existirem na minha vida!
                                             

                                            
                                                                 AMO VOCÊS !

2 comentários:

  1. ahh, q lindooo...é exatamente isso q acontece..na hora que mais precisamos é que percebemos quem sao os verdadeiros amigos... na alegria e na tristeza... parabéns Dô...pelas lindas palavras de incentivo que faz a vida de quem esta passando por isso ser muito mais feliz... continue escrevendo mt..e sempre..e ajudando pessoas como vc que com certeza vão superar a fase ruim.... bjoo Mariana Bahdur

    ResponderExcluir
  2. Ana Luiza Yoshida Costa24 de outubro de 2011 15:42

    Lindaaaa!!
    Não podíamos ter feito diferente por esta pessoa tão querida e especial que Vc é Dô!
    Amoooooo...
    bjos,
    Japa.

    ResponderExcluir